Os locais de escalada na Serra de Sintra dividem-se em sectores e os sectores em blocos. Na fotografia: Escalador Nills Favre na Peninha, bloco "Trapézio", grau de dificuldade 7c+, numa escala aberta cujo grau máximo conseguido até hoje é 8c+ para a escalada de bloco. | Fotografia: Ricardo Alves Photography

Locais para escalada em Portugal

Dotada do seu micro-clima que a envolve de brumas que possibilitam o crescimento de uma flora rica, que, consequentemente enriquece também a sua fauna, esta serra tem nela espalhados inúmeros blocos rochosos. A escalada de bloco caracteriza-se pela ascenção de blocos rochosos. Não sendo a altura considerável, dispensa-se o uso de corda e utilizam-se colchões, ou “crashpads” para amparar as quedas.

Esta é uma zona onde a escalada de bloco está em constante evolução e desenvolvimento por parte dos escaladores locais que constantemente descobrem novos blocos para escalar. Ricardo Alves do blog Boulder Sintra diz-nos que “em Sintra inventámos uma coisa que é o FB (não, não é o Facebook), mas sim um Festival de Blocos. No Verão, sistematicamente, aparecem novas áreas/sectores para abrir, não se sabe bem porquê.”

 

Os locais de escalada dividem-se em sectores e os sectores em blocos. Na fotografia: Escaladora Rita Silva, sector "Vivendas" na Malveira, bloco "Meia Lua", grau de dificuldade 6a+, numa escala aberta cujo grau máximo conseguido até hoje é 8c+ para a escalada de bloco. | Fotografia: Ricardo Alves Photography
Os locais de escalada na Serra de Sintra dividem-se em sectores e os sectores em blocos. Na fotografia: Escaladora Rita Silva, sector “Vivendas” na Malveira, bloco “Meia Lua”, grau de dificuldade 6a+, numa escala aberta cujo grau máximo conseguido até hoje é 8c+ para a escalada de bloco. | Fotografia: Ricardo Alves Photography

Resumidamente, um paraíso para a escalda de bloco! A paisagem pode mudar totalmente em cada parte da serra à medida que a percorremos, fazendo deste um local de grande riqueza e diversidade que merece ser visitado.

Serra de Sintra

38°47’31.2″N 9°25’00.2″W

São 10 os locais de extrema beleza para a prática de Escalada em Portugal que o vão levar a visitar locais que de outra forma seria difícil de conhecer. Amanhã a Descla e o “Mãos de Resina” trazem-lhe então outra sugestão de visita.

COMPARTILHAR
O Mãos de Resina é um canal de escalada Português para quem já escala ou quer escalar! Entrevistas com quem escala, notícias sobre o que está a acontecer, artigos sobre a modalidade, é aquilo que o Mãos de Resina te pode dar em primeira mão. Tudo recolhido, prontinho e acessível para assistires e subscreveres.