Os locais de escalada dividem-se em sectores e os sectores em vias. Na fotografia: Filipe Costa, sector "Amarelo" na Serra dos Passos, via "Quem não tem carão não entra", grau de dificuldade 7a, numa escala aberta cujo grau máximo conseguido até hoje é 9b+. | Fotografia: Brenton J Hull
Publicidade

Locais para escalada em Portugal

Enquadrada no Maciço Galaico – Transmontano, foi ocupada durante todo o 3º milénio a.C. e está relacionada com um tipo sazonal de ocupação humana, que deixou vestígios como artefactos cerâmicos, sementes carbonizadas e artefactos líticos (pontas de seta, machados, mó manual, raspadores, lâminas).

Esta zona de escalada no alto da serra, encontra-se na terra quente transmontana perto da cidade de Mirandela, e daqui é possível obter vistas magníficas e amplas sobre as Serranias Transmontanas circundantes, bem como sobre grande parte dos distritos de Vila Real e Bragança. A cor amarela dos líquenes caracteriza estas paredes rochosas constituídas maioritariamente por xisto com muito quartzito, regra geral de grande qualidade para a prática de escalada.

Os locais de escalada dividem-se em sectores e os sectores em vias. Na fotografia: Filipe Costa, sector "Amarelo" na Serra dos Passos, via "Quem não tem carão não entra", grau de dificuldade 7a, numa escala aberta cujo grau máximo conseguido até hoje é 9b+. | Fotografia: Brenton J Hull
Os locais de escalada dividem-se em sectores e os sectores em vias. Na fotografia: Filipe Costa, sector “Amarelo” na Serra dos Passos, via “Quem não tem carão não entra”, grau de dificuldade 7a, numa escala aberta cujo grau máximo conseguido até hoje é 9b+. | Fotografia: Brenton J Hull

Serra dos Passos

41°28’18.3″N 7°16’35.4″W

São 10 os locais de extrema beleza para a prática de Escalada em Portugal que o vão levar a visitar locais que de outra forma seria difícil de conhecer. Amanhã a Descla e o “Mãos de Resina” trazem-lhe então outra sugestão de visita.