Aldeia da Pena | Fotografia: Tiago Canoso
Publicidade

Locais para escalada em Portugal

Do isolamento que durante anos se abateu sobre a aldeia nasceu a lenda do morto que matou o vivo.
Sem acessos rodoviários, os mortos da Aldeia da Pena eram transportados em ombros num esquife (uma espécie de caixão) até ao cemitério de Covas do Rio. O trajeto entre estas duas aldeias é bastante acidentado e numa dessas viagens, o insólito ocorreu e o azarado que carregava a parte de trás do caixão escorregou e este caiu-lhe na cabeça, matando-o, dando assim origem à história/lenda do morto que matou o vivo.

Aldeia da Pena | Fotografia: Tiago Canoso
Aldeia da Pena | Fotografia: Tiago Canoso

Sendo o quartzito o principal tipo de rocha aqui encontrada, a paisagem da serra e o tipo de vias de escalada são um grande atrativo desta zona, já que possui vias de variados graus, desde os mais fáceis que possibilitam a iniciação neste desporto, aos mais exigentes destinados a escaladores mais experientes. A caminhada é também uma atividade que convida a conhecer este património natural singular em Portugal.

Aldeia da Pena | Fotografia: Tiago Canoso
Aldeia da Pena | Fotografia: Tiago Canoso

Aldeia da Pena

40°52’40.8″N 8°04’45.0″W

São 10 os locais de extrema beleza para a prática de Escalada em Portugal que o vão levar a visitar locais que de outra forma seria difícil de conhecer. Amanhã a Revista Descla e o “Mãos de Resina” trazem-lhe outra sugestão de visita.

Aldeia da Pena | Fotografia: Tiago Canoso
Aldeia da Pena | Fotografia: Tiago Canoso