Fotografia: William Gouveia

Locais para esclada em Portugal

Embora pensemos que esta seja a causa do nome desta aldeia, este surge porque Gaspar Frutuoso afirmou que, em 1420, João Gonçalves Zarco em viagem de reconhecimento ao largo da costa da Madeira, chegou a um ponto sobre o qual podia ver uma rocha que de tão polida pela da erosão marítima, parecia iluminado pelo reflexo da luz solar.

ponta do sol2
Os locais de escalada dividem-se em sectores e os sectores em vias. Na fotografia: Escaladoras Nadia Meroni, e Lau MGC, sector “Ponta do Sol” na Ilha da Madeira, vias “Fender Bender” grau de dificuldade 6A, e “Era para ser mas já não vai dar” grau de dificuldade 6A+, numa escala aberta cujo grau máximo conseguido até hoje é 9b+. | Fotografia: Filipe Belo

As vias de escalada situam-se no cais da Ponta do Sol, construído em 1850 e que a nível arquitetónico é muito singular, com um amplo e bem concebido arco edificado em aparelho de pedra basáltica. A rocha é basáltica com grandes fissuras, sendo uma escarpa que dá nas vistas por ser bastante estética, e por estar bem junto ao mar de água esmeralda com o seu som característico da água a embater no cais de pedra. Mágico!

Ponta do Sol

32°40’42.4″N 17°06’14.9″W

São 10 os locais de extrema beleza para a prática de Escalada em Portugal que o vão levar a visitar locais que de outra forma seria difícil de conhecer. Amanhã a Revista Descla e o “Mãos de Resina” trazem-lhe então outra sugestão de visita.

COMPARTILHAR
O Mãos de Resina é um canal de escalada Português para quem já escala ou quer escalar! Entrevistas com quem escala, notícias sobre o que está a acontecer, artigos sobre a modalidade, é aquilo que o Mãos de Resina te pode dar em primeira mão. Tudo recolhido, prontinho e acessível para assistires e subscreveres.