Nuno Diogo Alves, do Clube de Natação da Maia, é um dos nadadores portugueses que vão disputar o IPC Swimming European Open Championships. Fotografia: CM Sabrosa
Publicidade

Cerca de 550 nadadores de 53 países vão disputar o IPC Swimming European Open Championships, Campeonato Europeu de Natação Adaptada, que se realiza entre 30 de abril e 7 de maio no Complexo de Piscinas Olímpicas do Funchal e é a última oportunidade de apuramento para os Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro.

A prova, organizada pela Federação Portuguesa de Natação e pela Associação de Natação da Madeira, vai contar com mais de 1.200 elementos do staff e voluntários e é considerado pelo IPDJ – Instituto Português de Desporto e Juventude o maior evento desportivo em território nacional durante o ano de 2016 nas diversas modalidades.

Os nadadores portugueses vão tentar a qualificação, de modo a juntarem-se a David Grachat, João Pina, Nelson Gonçalves, David Carreira e Simone Fragoso, já apurados para os Paralímpicos, que vão decorrer entre 7 e 18 de setembro.

Até ao momento, Portugal tem atletas qualificados em sete modalidades: equitação, atletismo, boccia, ciclismo, judo, natação e tiro. O número pode aumentar, através do remo, no campeonato do Mundo a realizar-se em maio.

O último a apurar-se foi Jorge Pina, que no domingo conquistou a medalha e bronze na Maratona de Londres, prova integrada na Taça do Mundo do Comité Paralímpico Internacional (IPC) e beneficiou da qualificação automática prevista para os atletas medalhados nessa prova.