“Perdido seja para nós aquele dia em que não se dançou nem uma vez!”. As palavras do filósofo alemão Friedrich Wilhelm Nietzsche continuam a ser as mais apropriadas para os que, esta sexta-feira, se encontram receosos ou indecisos, na dúvida sobre dançar ou não dançar, com medo de fazer má figura. Têm a sorte de, pelo menos que se conheça, ainda ninguém ter inventado leis para esta arte. É que, como diria a bailarina norte-americana Isadora Duncan“Dançar é sentir, sentir é sofrer, sofrer é amar… Tu amas, sofres e sentes. Dança!”.

O Dia Mundial da Dança foi instituído em 1982 pelo Conselho Internacional da Dança (CID), organização não-governamental ligada à Unesco para celebrar esta arte, mostrando toda a sua universalidade, independentemente das barreiras políticas, culturais e éticas, e o seu papel enquanto promotora de ideais como a liberdade de expressão e a igualdade de direitos.

Palmela

A 29 de abril, às 21:30, o Centro Cultural de Poceirão recebe o espetáculo “ Acordes de Dança”, com João Vitorino, na guitarra e Edite Van-Zeller, na dança. No dia 30, à mesma hora, mas no Cine-Teatro S. João, a companhia “Armazém 13” apresenta o espetáculo “Forgotten Fog”, uma recriação inspirada na obra “Play”, de Samuel Beckett, e encenada por Diana Niepce, que junta em palco sete mulheres, atrizes, acrobatas e bailarinas.

Barreiro

Também esta sexta-feira, o prestigiado bailado ‘Correr o Fado’, pela Companhia Quorum Ballet, atua no Auditório Municipal Augusto Cabrita a partir das 21:30, dando início ao Mês da Dança, que se prolonga até 29 de maio neste e noutros palcos do concelho, e que inclui, entre outras atividades – pagas, como esta, ou gratuitas -, workshops de Tango e Flamenco para iniciantes, aulas abertas promovidas pelas companhias de dança do Barreiro ou sessões de cinema dirigidas aos alunos do 2º, 3º ciclos e secundário.

Setúbal

A cidade dedica uma semana à dança, a começar no dia 29 de abril, às 21:30, com o bailado” Sonetos”, no Fórum Municipal Luísa Todi, que integra o programa comemorativo dos 250 anos do nascimento de Bocage. Os bilhetes para o espetáculo da Pequena Companhia da Academia de Dança Contemporânea de Setúbal custam entre 4 ‎€ (balcão) e 5€ (plateia). A noite inclui ainda uma exibição de tango “D’Elmano” pelo Enclave – Cultura em Movimento, às 23:00, no Café Concerto do Fórum Municipal Luísa Todi.

Sintra

Entre sábado e domingo, a Quinta da Ribafria, em Sintra, acolhe o Festival Corpo.16, um dos maiores encontros de dança no país, que reúne artistas, terapeutas e milhares de bailarinos amadores e profissionais de todas as idades e de várias zonas do país, para mostrar o seu talento nas danças mais modernas, como o Hip-Hop e a Indie Fusion, ou mais tradicionais, como o Ballet, Dança Indiana ou Dança Oriental. O público pode assistir a espetáculos, participar em diferentes aulas e workshops visitar o centro de exposições, com produtos artesanais e serviços que dão a conhecer uma forma de vida mais orgânica e natural. Co-produzido pelo Ai!aDança e pela Câmara Municipal de Sintra, o Festival Corpo 16 é um evento que prevê a massificação e democratização da arte em geral e da dança em particular.

Amadora

Quorum Academy
Quorum Academy

Esta sexta, pelas 21:30, a Quorum Academy estreia o novo espetáculo do Projeto Quorum, nos Recreios da Amadora. O evento apresenta dois novos trabalhos dos coreógrafos Daniel Cardoso e Elson Ferreira e repete-se também no dia seguinte às 21:30. Os bilhetes custam 7€.

Porto

Esta sexta-feira, às 18:30, Bruno Senune estreia “Kid as King” no espaço da mala voadora, na Rua do Almada, repetindo a atuação no sábado, às 15:00. Também no sábado, mas às 18:00, o espanhol Aimar Pérez Gali apresenta “Sudando el Discurso: Una Critica Encuerpada” na Sala de Ensaios do Teatro Rivoli. Aainda no dia 30, às 21:30, o Grande Auditório Manoel de Oliveira do Teatro Rivoli acolhe a estreia em Portugal de “Aringa Rossa”, da coreógrafa italiana Ambra Senatore,que leva a palco nove intérpretes, num espetáculo que explora a natureza humana. No domingo, às 18:30, o Auditório da Fundação Serralves recebe “Os Serrenhos do Caldeirão – Exercícios em Antropologia Ficcional”, de Vera Mantero, num espetáculo sobre a desertificação e desumanização da Serra do Caldeirão, no Algarve.

Matosinhos

Também hoje, o artista portuense Dinis Machado leva “Paradigma” ao Cine-Teatro Constantino Nery, a partir das 18:30, repetindo a atuação no sábado, às 15:00.

Gaia

O Auditório Municipal de Gaia recebe esta sexta-feira, às 22:00 horas, “Repertório para Cadeiras, Figurantes e Figurinos”, espetáculo que o Ballet Contemporâneo do Norte (BCN) estreou em 2015 para assinalar os 20 anos da companhia. Com direção de Miguel Pereira, esta peça foi concebida a partir de várias obras do repertório do BCN, do seu próprio trabalho e de alguns autores que marcaram a história da dança em geral.

Ílhavo

"Antes que matem os elefantes", da Commpanhia Olga Roriz. Fotografia: Centro Cultural de Ílhavo
“Antes que matem os Elefantes”, da Companhia Olga Roriz. Fotografia: Centro Cultural de Ílhavo

No Dia Mundial da Dança, o Centro Cultural de Ílhavo acolhe às 22:00 horas a estreia nacional do novo espetáculo da Companhia Olga Roriz, “Antes que matem os Elefantes”, cujos bilhetes custam 5€. No sábado, o espaço cultural abre as portas para celebrar esta arte nos seus diferentes estilos, com o apoio e participação das escolas e associações do município, e também nesse dia começa a Oficina de Dança Contemporânea, destinada a toda a comunidade, que pode experimentar processos coreográficos inspirados na nova criação da companhia. A iniciativa decorre até 3 de maio e os bilhetes custam 10€.

Ourém

Esta sexta-feira, às 18:30, o Jardim Le Pléssis Trévise recebe uma Flash Mob, após a qual a população é convidada a participar nas aulas de dança na Praça D. Maria II. O dia termina com o espetáculo “Dia Mundial da Dança”, às 19:30. No sábado, às 16:00 horas, é exibido o filme La Danse, do realizador norte-americano Frederick Wiseman, no Parque da Cidade António Teixeira – Espaço Jovem.

Figueira da Foz

O Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz apresenta no sábado, às 21:30, a Gala Internacional de Ballet Clássico, sob direção artística de Evgeniya Bespalova, prestigiada bailarina internacional e diretora da famosa companhia de dança Russian Classical Ballet. O programa é composto por obras emblemáticas do grande repertório da dança clássica: “Spartacus”, “Flammes de Paris”, “O Lago dos Cisnes”, “Esmeralda”, “Diana e Acteón”, “A Morte do Cisne”, “O Corsário”, “Dom Quixote”, “O Quebra-

Gala Ballet
Gala Ballet

Nozes” e “Gopak”.

 

Famalicão

“A Ballet Story” sobe ao palco do auditório da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão no sábado, às 21:30. Encomendado por Guimarães 2012 ― Capital Europeia da Cultura, “o espetáculo do coreógrafo Victor Hugo Pontesfoi um dos pontos altos do festival GUIdance 2012. Os bilhetes custam 10€. No mesmo dia, mas no café-concerto da Casa das Artes e às 23:00 horas, há “Fandango”, o mais recente projeto musical de Gabriel Gomes (Sétima Legião e Madredeus) e Luís Varatojo (Naifa, Peste & Sida e Despe e Siga), que, baseado numa mistura exótica de melodias portuguesas com beats de eletrónica, capta a essência da música portuguesa(bilhetes a 6€).

Viseu

Esta sexta-feira, o IPDJ de Viseu, em parceria com a Escola de Ballet de Viseu, realiza, às 21:30, um Espectáculo de Bailado Moderno organizado pela professora de Dança, Sandra Ferraz. A entrada é gratuita.

Ponte da Barca

No mesmo dia, às 21:30, a Praça da República recebe um espetáculo com performances de várias escolas e academias de dança locais, que pretende divulgar e promover o gosto por uma das mais importantes manifestações de arte e incentivar o trabalho que é desenvolvido no concelho ao nível da dança.

Moimenta da Beira

No sábado, uma mega-aula de Zumba promete encher o Armazém Municipal a partir das 21:00 horas, com muita dança, música e alegria, tudo em prol da promoção da atividade física e do bem-estar físico e psicológico. O evento é aberto a toda a comunidade, mediante inscrição (4€), que dá direito a uma garrafa de água e uma t-shirt.