Após a medalha da prata conquistada, no sábado, na prova da contrarrelógio, o português Luís Costa, voltou este domingo a subir ao pódio na etapa da Taça do Mundo de Paraciclismo disputada em Pietermaritzburg, África de Sul, agora conhecida como prova do fundo.

Depois de ter alcançado o segundo lugar, Luís Costa repetiu a posição no pódio no final dos 49,2 quilómetros da prova de fundo.

O português cumpriu o traçado em 1:24.08 horas, ficando a 3.22 minutos do vencedor, o sul-africano Ernst van Zyl, deixando o terceiro, o também sul-africano Andries Scheepers, a 8.34.

Luís Costa, paraciclista do Sporting, foi o único corredor estrangeiro a participar na competição de classe H5, no terceiro lugar do ranking mundial daquela classe, indo assumir a liderança da tabela na próxima atualização