Publicidade

A vila de Odemira, no distrito de Beja, vai receber entre 27 e 28 de maio o 1º Festival de Dança Espanhola, que no primeiro dia, às 10:00 horas, inclui a apresentação para crianças de “O Flamenco e o Corpo”, com a bailarina Aroa Valencia Moreno, no Auditório da Biblioteca Municipal José Saramago.

A artista, que começou a estudar flamenco com apenas cinco anos, está desde setembro na vila alentejana a desenvolver um ano de voluntariado ao abrigo do Programa Erasmus+ / Serviço Voluntariado Europeu, e este Festival faz parte do seu projeto com a Associação ODEMIRA-TE.

À noite, pelas 21:30 horas, o Cineteatro Camacho Costa vai acolher o espetáculo “Formas De La Danza Española”, com destaque para a atuação da premiada bailarina Ainhoa Linaza, acompanhada pelo violão de António Españadero e pelo canto de Jacob Quirós e El Trini.

No dia seguinte, à mesma hora e no mesmo espaço, vai ser apresentado o espetáculo “Simbiose”, pela Escola Municipal de Dança Villanueva del Trabuco (Málaga), numa fusão de folclore, dança bolera, dança estilizada e flamenco.

As alunas de diversas idades – as mais novas têm oito anos – vão atuar em cinco classes distintas e prometem um momento de elegância, força e paixão ao som do violão, da percussão e do canto ao vivo.

O 1º Festival de Dança Espanhola, que conta com o apoio do município de Odemira e da Agência Nacional – Juventude em Ação, tem como principal objetivo promover a cultura espanhola e integrá-la no concelho de Odemira, para facilitar o acesso desta arte ao público de todas as idades. O Flamenco, parte fundamental da cultura do país vizinho, foi declarado Património Cultural Imaterial da Humanidade em 2010.