Fotografia: CM Ponte de Lima
Publicidade

A 12ª edição do Festival Internacional dos Jardins de Ponte de Lima abre oficialmente esta sexta-feira, às 18:00 horas, numa sessão que vai contar com a presença do ministro do Ambiente, José Matos Fernandes.

“Jardins do Conhecimento” é o tema deste ano do evento, onde Portugal é o país mais representado, com quatro projetos entre os 11 escolhidos pelo júri, de incluem ainda trabalhos da Áustria, Itália, Inglaterra, República Checa, Espanha, Brasil e Suíça.

O festival, único no país, vai procurar uma vez mais despertar a criatividade e imaginação das milhares de pessoas que a cada ano o visitam.

O jardim mais votado em 2015, “A Casa da Água”, das arquitetas paisagistas espanholas Iuliana Pavalan e Oa Bescos, vai continuar em exposição nesta 12ª edição, que decorre até outubro.

Eis a lista dos projetos selecionados pelo júri para a 12ª edição do Festival Internacional dos Jardins de Ponte de Lima:

Em Direcção à Luz – Um Jardim do Conhecimento – Universidade de Boku – Valentina Macchi, Francesca Poloni, Sophie Thiel e Roland Wuck – Áustria

Os Números do Jardim – Matteo Veronese e Martina Mangolini – Itália

ADN – Biblioteca do Conhecimento – Universidade de Mendel – Sebastian Loder – República Checa

A Célula – Biótopo do Conhecimento – Cristina Calheiros e Maria Luís Antas de Barros – Portugal

Conhecimento Exportado – Mónica Gandra, Paulo de Carvalho e Tiago Ferreira – Portugal

Conhecimento Interligado – Cristina Cuevas, Julia Lanza e Danilo Guerra- Espanha

Mundo Claustrum – Instituto S.João de Deus – Casa de Saúde S. José e Aroma do Vale – Portugal

96 Por Cento – Les Beker – Inglaterra

Homenagem às Árvores – Vanda Aranha, Fabio A. da Silveira, Leando Lattes e Florencia Grassi – Brasil

Nucis – Liceu Francês do Porto – Joaquim Luxo, Pelei Zheng, Vincent Beigbeder, Manuel Pimenta, Catarina Teixeira e Kenza Lopes – Portugal

As Pirâmides do Conhecimento – Albert Schrurs, Wendy Gaze, Anne-Sophie Richard, Amélie Ramseyer e Jessica Terrapon – Suíça.