"Por Terras de Sua Majestade" vai ser apresentado no dia 25 de junho em Tondela

A cidade da Trofa torna-se a partir de hoje na capital da lusofonia, ao receber o 12º Encontro Lusófono de Literatura Infanto-juvenil, evento que vai decorrer em simultâneo com a XVI Feira do Livro da Trofa e a Mostra de Doçaria, Licores e Cerveja Artesanal. Até 3 de junho preveem-se oito dias dedicados à literatura, à música, à gastronomia e à arte em português.

A inauguração do Encontro está marcada para as 21:30, na Tenda Palco, localizada à entrada dos Parques Nossa Senhora das Dores e Dr. Lima Carneiro, onde vai funcionar também a Feira do Livro e a área dedicada à doçaria, licores e cerveja artesanal.

Este ano, o evento inclui, uma vez mais, o lançamento do Conto Vencedor do Concurso Lusófono da Trofa -“Prémio Matilde Rosa Araújo”, edição de 2015, e do conto “O Ploc do Pollock”, de Rui de Almeida Paiva, com ilustrações de Ivone Gonçalves, vencedora do Prémio Ilustração do mesmo concurso.

O Encontro, que visa despertar o gosto pela leitura junto dos mais pequenos, vai contar com a participação de diversos contadores de histórias, como Mariana Machado, Clara Haddad, Ana Sofia Freitas e Ana Sofia Paiva.

A iniciativa prevê igualmente o lançamento de livros e encontros com os autores Pedro Chagas Freitas, Rui de Almeida Paiva, Elvira Araújo Costa, Joaquim de Matos Pinheiro, Adalberto Costa e Joana Cavalcanti, entre outros.

Entre os pontos altos destaca-se ainda a presença dos ilustradores Sebastião Peixoto e Ivone Gonçalves, a atuação do grupo de dança africana AFROWAYUÚ “PÉS DESCALÇOS” e o Encontro de Orquestras Ligeiras com a Orquestra Ritmos Ligeiros da Trofa e a Orquestra Ligeira de Vagos. A encerrar a edição 2016 do Encontro Lusófono, vai subir ao palco o cantor Rui Nova, natural da Povoa de Varzim, que já concorreu ao Festival RTP da Canção.

O Encontro conta também com as atuações do Grupo Dance Kids 1 e 2 da Academia Municipal da Trofa – Aquaplace, dos bailarinos da Academia de Dança Alva, dos Amigos da Música (Fernando Costa, Manuel Dias, Paulino Lima, Manuel Carvalho, Manuel Gomes, Armindo Azevedo e Joaquim Torres), dos alunos do Agrupamento de Escolas de Coronado e Castro, dos alunos do Agrupamento de Escolas da Trofa e ainda dos alunos da Universidade Sénior de Rotary da Trofa.

O evento é organizado pela Câmara Municipal da Trofa, que com ele pretende criar condições para “um desenvolvimento sustentado, em paz e com hábitos de tolerância, através da promoção da cultura lusófona, reforçando a identidade Trofense e Portuguesa, tendo a língua comum como fator de união”.