“A nossa maior glória não reside no facto de nunca cairmos, mas sim em levantarmo-nos sempre depois de cada queda”. As palavras do médico e escritor Oliver Goldsmith aplicam-se na perfeição ao triatleta alemão Alexander Laloi, que no recente Campeonato da Europa de Lisboa não sofreu uma queda mas um furo em pleno IC2, e correu descalço, com a bicicleta na mão, durante quase dez quilómetros.

O germânico, que competiu na prova de Age Group (escalão de idades) dos 25-29 anos, deu uma autêntica lição de vida pela vontade de completar o segmento de bicicleta, especialmente por correr sem sapatos – os de ciclismo têm uma sola especial, própria para se encaixar nos pedais da bicicleta, mas inadequada para correr.

O vídeo foi captado pelo selecionador português, Bruno Salvador, que o questionou se queria desistir, ao que Alexander respondeu: “Não te deves desviar do teu caminho por que algo não correu conforme planeado. Tens de manter-te forte, concentrar-te nos motivos por que corres e fazer o melhor que conseguires… Só mais 8 quilómetros e finalmente poderei calçar os meus sapatos de corrida!”.

Bruno Salvador recorda que “o atleta furou um pneu na rotunda da Azóia e quando o abordámos para saber se precisava de ajuda, tivémos esta resposta surpreendente e demonstrativa do verdadeiro espírito do triatlo”. O vídeo foi carregado na página oficial da competição e, neste momento, tem já mais de 50 mil visualizações.

O Campeonato da Europa de Lisboa – Médis 2016 Lisbon ETU European Championship decorreu no último fim de semana no Parque das Nações, com o centro de operações no MEO Arena. Com mais de 2 mil atletas envolvidos, foi o maior evento da modalidade alguma vez realizado em Portugal.