A 3ª edição do Vouzela Art Fest realiza-se entre 8 e 10 de julho

O festival Vouzela Art Fest, que se realiza na vila de Lafões entre 8 e 10 de julho, promete ser um palco privilegiado de diálogo entre músicos, atores, realizadores de cinema e artistas contemporâneos de Portugal, França, Itália, Jamaica e Argentina.

O Parque da Liberdade volta a receber o evento, que na 3ª edição vai apresentar três projetos que têm o cinema como denominador comum: “Ceci n’est pas un film – Dueto para Maçã e Ovo”, da Companhia Paulo Ribeiro, espetáculo de interação entre a dança contemporânea e a sétima arte.

O cinema vai interagir também com a música através do projeto do Cine-Clube de Viseu “Viagem à Lua + Number, please”, dois filmes mudos musicados ao vivo com uma composição multicanal de José Carlos Sousa, diretor do Conservatório de Música de Viseu. O cinema documental vai marcar presença através do filme “O Pão que o Diabo Amassou” de José Vieira, integralmente rodado em contexto rural no concelho de Vouzela.

No teatro, o Vouzela Art Fest vai exibir “Em Nome da Terra”, da histórica companhia O Bando, baseado num texto de Vergílio Ferreira, e na música os Filho da Mãe, Dreamweapon, Wales, os italianos La Miseria Deluxe, os italo-franceses FFFFF e vários DJ’s vão animar o público que estiver no anfiteatro ao ar livre do Parque da Liberdade.

O festival inclui ainda o VII Encontro Internacional de Pintura, no âmbito do qual um conjunto de jovens artistas de vários países vai expressar a sua criatividade nas artes visuais, inspirados pelo património do concelho de Vouzela.

O Vouzela Art Fest é coorganizado pelo município de Vouzela e dpela Binaural – Associação Cultural de Nodar, constituindo um dos momentos altos da programação cultural integrada LAFÕES TERRA DE CULTURA, co-financiada pela Direção Geral das Artes e que reúne eventos culturais nos três concelhos da sub-região de Lafões, São Pedro do Sul, Vouzela e Oliveira de Frades.