Fernando Pimenta

O canoísta português Fernando Pimenta sagrou-se este domingo bi-campeão europeu de canoagem ao vencer as provas de K1 1000 metros e K1 5000 metros no Campeonato da Europa, que decorreu entre 24 e 26 de junho em Moscovo, na Rússia.

No sábado, o atleta limiano esteve sempre na liderança, concluindo a corrida dos mil metros com o tempo de 3.29,040 minutos. Em segundo lugar ficou o dinamarquês Rene Poulsen (3.32,296), atual campeão do mundo, e em terceiro o húngaro Balint Kopasz (3.32.656).

Este é o título europeu absoluto em K1 1000 para Fernando Pimenta, depois das vitórias nas categorias de juniores e de sub-23 em 2007 e 2009, em Belgrado (Sérvia) e Poznan (Bulgária), respetivamente.

No domingo, o português conquistou nova medalha de ouro, agora prova de K1 5000 metros, que voltou a liderar. Na última volta, Pimenta respondeu a todos aos ataques dos adversários, batendo-os numa forte ponta final. O hino português voltou a ser ouvido na pista de regatas de Moscovo.

O atleta natural de Ponte de Lima definiu o sabor da conquista como “agridoce”, não escondendo alguma frustração pelo quarto lugar do K4 1000 metros, em que Portugal esteve muito perto de chegar às medalhas.

A tripulação lusa, composta por Fernando Pimenta, Emanuel Silva, João Ribeiro e David Fernandes, ficou atrás das equipas da Eslováquia, Rússia e Polónia. O quarteto português precisou de 2:53,548 minutos para cumprir a distância olímpica, mais 1,908 segundos que a tripulação da Eslováquia, a vencedora, com 2:51,640, mas a apenas 108 milésimos da equipa da Polónia, que terminou na terceira posição.

A embarcação portuguesa largou forte e liderou até aos 250 metros, sendo ultrapassada antes dos 500 metros pela equipa da Polónia e, já na última metade da prova, foi alcançada pela equipa da Rússia, que fez uma grande recuperação até à liderança, a qual, no entanto, lhe fugiu nos metros finais. Com estes resultados, Portugal terminou o Europeu de Moscovo em sexto lugar.