Fotografia: Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting
Publicidade

José Pedro Fontes e Pedro Meireles prometem uma luta renhida pela vitória no Rali Casino de Espinho, a sexta etapa do Campeonato Nacional de Ralis (CNR), que vai realizar-se nos dias 14 e 15 de outubro.

O piloto da Skoda Fabia R5 venceu a 17 de setembro a última prova do Nacional, em Mortágua, reduzindo de 32 para 24 pontos os pontos que o separavam de José Pedro Fontes, atual líder do campeonato, numa altura em que falta disputar duas etapas e estão em disputa 50 pontos.

O corredor da Citroën DS3 R5 foi segundo nessa corrida, conseguindo manter a liderança, mas sabe que precisa de uma boa prestação em Espinho para continuar no topo do Nacional de Ralis.

O Rali Casino de Espinho regressou este ano ao CNR pela mão do Targa Clube, que assim recuperou um dos mais carismáticos ralis do distrito de Aveiro. A prova nasceu em 1993 e era então conhecida por Rali Solverde, designação que manteve até 2000, adquirindo depois o nome atual.

Atualmente há uma dezena e meia de R5´s e S2000 a correrem em Portugal, “o que transforma este campeonato num fenómeno de comunicação, com grande potencial, graças ao esforço feito, para que os ralis ganhem espaço televisivo em Portugal e no estrangeiro”, sublinha o presidente do Targa Clube, Fernando Batista.

O Rali Casino de Espinho é organizado pelo Targa Clube e vai ser disputado em asfalto, assim como o dos Casinos do Algarve, a cargo do Clube Automóvel do Algarve, que vai disputar-se entre 12 e 13 de novembro.