A RTP vai transmitir, através do programa “Aqui Portugal”, a Festa da Castanha de Sernancelhe no dia 29 de outubro. É a grande novidade da 24ª edição do certame, que entre os dias 28 e 30 daquele mês vai celebrar o fruto, juntando expositores, empresas do setor, artesanato, gastronomia, restauração, animação e passeios pedestres e BTT pelos soutos da Martaínha. Na tarde de sábado, a estão pública de televisão vai fazer a emissão em direto da “Terra da Castanha”, promovendo o evento um pouco por todo o mundo.

Durante três dias, Sernancelhe vai homenagear a natureza e os seus agricultores e enaltecer “a relação equilibrada, secular, do homem com o meio que o rodeia”, revela a Câmara Municipal, que organiza o evento. No Expo Salão, colorido de verde e castanho, vão reunir-se produtores e transformadores de castanha, juntas de freguesia e restaurantes – que proporcionarão uma mostra constante da gastronomia local associada ao fruto -, bem como grupos de concertinas e ranchos, filarmónicas, crianças e jovens músicos, entre tantos outros, para mostrar aos visitantes que “a castanha é sinónimo de festa e motivo de celebração”. O espetáculo com o artista ZéZé Fernandes, no dia 28 de outubro, é um dos pontos altos da festa.

Os produtos à base de castanha vão estar em exposição e para comercialização, não faltando os concursos da melhor castanha da Denominação de Origem Protegida Soutos da Lapa (DOP), e também do melhor doce, “iniciativa em crescendo e que demonstra o espaço que a castanha conquistou na doçaria local e regional”, sublinha o município. Este ano a Escola Profissional de Sernancelhe assume o “showcooking” do evento, criando pratos à base do fruto e mostrando os ensinamentos adquiridos pelos formandos no Curso de Cozinha/Pastelaria e Restaurante/Bar.

A Festa da Castanha promove também o desporto, com o BTT pela Rota da Castanha e do Castanheiro, que este ano espera mais de um milhar de inscritos, “uma oportunidade para dar a conhecer aos participantes as magníficas paisagens de soutos das encostas de Sernancelhe, bem como a gastronomia e a etnografia locais”. Para os amantes da natureza há ainda passeios pedestres pela Seara, a maior mancha de castanheiros da variedade martainha do nosso País, local que surpreende pela dimensão e idade secular dos castanheiros.

Nesta 24ª edição, o evento acolhe igualmente a Expo Máquinas Agrícolas, “proporcionando a todos os visitantes o contacto com as novidades da maquinaria dedicada à castanha e à agricultura em geral”, destaca a autarquia de Sernancelhe.

COMPARTILHAR