A Orquestra Filarmonia das Beiras (OFB) e o pianista Mário Laginha vão juntar-se na próxima quarta-feira no Cineteatro Municipal Messias, na Mealhada, para interpretar as mais conhecidas valsas, polcas e marchas de Johann Strauss, no já tradicional Concerto de Ano Novo e Reis, dirigido pelo maestro António Vassalo Lourenço.

A primeira parte do concerto é dedicada a Johann Strauss II (1825-1899), revisitando composições como a “Polca Raios e Trovões”, “Polca Balas Mágicas”, “Valsa Rosas do Sul”, “Polca Pizzicato”, “Marcha Egípcia”, “Valsa Vozes da Primavera” e a “Marcha Radtzky”.

Na segunda parte, dedicada a Mário Laginha, vão ter tocadas “Histórias Muito Curtas II”, “Histórias Muito Curtas VI”, “Histórias Muito Curtas III”, “Concerto nº1 para Piano e Orquestra (2º e 3º andamento)” e “Chorinho Feliz”.

O espetáculo começa às 21h30 e o bilhete custa 5€. As reservas podem ser feitas pelo telefone 231 209 0870. No dia do concerto, ao contrário do habitual, a bilheteira do Cineteatro Municipal Messias vaio estar aberta durante toda a tarde.

Fundada em 1997, a Orquestra Filarmonia das Beiras é dirigida, desde 1999, por António Vassalo Lourenço, sendo composta por 23 músicos de cordas de diversas nacionalidades e com uma média etária jovem.

Para além dos inúmeros concertos, a OFB desenvolve constantes atividades pedagógicas, como cursos internacionais vocais ou programas infanto-juvenis, e apresenta, desde 2006, produções de ópera diversas (infantil, de repertório ou portuguesa).