O presidente da Câmara Municipal de Montalegre, Orlando Alves, espera “milhares de pessoas” nos dois maiores eventos do concelho, ambos em janeiro, a “Sexta 13” e a Feira do Fumeiro, entre os dias 26 e 29.

O município aposta forte em ambas as iniciativas, com um investimento de 300 mil euros, 150 mil para cada uma, “um grande esforço financeiro” que parte da “consciência de que são este tipo de eventos que catapultam Montalegre e lhe dão uma imagem de vida e dinâmica que queremos ter”, defende o autarca.

Orlando Alves garante que o investimento tem reflexos muito positivos na economia local, especialmente com a Feira do Fumeiro, na qual os produtores do concelho “têm a oportunidade de realizar dinheiro e de ver compensado todo o seu esforço, ao longo do ano, com a criação dos animais”.

O presidente da Câmara de Montalegre sublinha ainda o impacto dois dois eventos na hotelaria e restauração do concelho, “dois esteios importantíssimos na promoção e valorização do território” e aos quis cabe “criar todas a condições para que as pessoas venham, sejam bem recebidas e levem a vontade de regressar”.

A Feira do Fumeiro, já na 26ª edição, é o grande cartaz do município transmontano, atraindo anualmente milhares de visitantes. O ano de 2017 vai ter duas “Sextas 13”, a em janeiro e em novembro.