Imagem da primeira edição do programa Passaporte

A Academia Portuguesa de Cinema anunciou a abertura de inscrições para a segunda edição do programa Passaporte, que pretende contribuir para a “internacionalização” dos atores portugueses.

Para participarem os candidatos têm que reunir um conjunto de requisitos, entre os quais o domínio de línguas estrangeiras, serem membros da Academia Portuguesa de Cinema e terem interesse numa carreira internacional. As candidaturas decorrem até 14 de fevereiro.

O processo de seleção vai decorrer nos próximos dois meses e os candidatos que forem selecionados vão ter oportunidade de participar na segunda edição do programa, que decorre entre os dias 23 e 27 de abril em espaços emblemáticos da cidade de Lisboa, entre a Sé e o Castelo.

O programa Passaporte volta a contar com a presença de prestigiados diretores de casting internacionais, este ano oriundos do México, Argentina, Colômbia, Brasil e Espanha, para além de alguns que estiveram presentes no ano passado.

“Os resultados que temos vindo a ter com a experiência do ano passado deixam-nos otimistas para a edição deste ano, confessa a diretora de casting e mentora do projeto, Patrícia Vasconcelos”.

A Academia Portuguesa de Cinema adianta que em breve vão ser divulgados os nomes dos Diretores de Casting e dos atores portugueses que vão participar no programa, assim como a agenda das iniciativas a decorrer no mês de abril.

Na primeira edição do Programa Passaporte inscreveram-se cerca de 270 atores mas apenas 40, selecionados previamente por uma comissão da Academia, participaram em várias entrevistas, onde tiveram a oportunidade de dar a conhecer o seu trabalho. O ator Albano Jerónimo foi dos escolhidos na primeira edição, ganhando um lugar na quinta temporada da série Vikings.