A Albufeira do Azibo, em Macedo de Cavaleiros. Fotografia: CM Macedo de Cavaleiros

A cidade de Macedo de Cavaleiros, no distrito de Bragança, celebra de 26 a 29 de janeiro mais uma edição da Feira de Caça e Turismo, o mais importante certame do género em Portugal, que tem como novidade o I Congresso Terras de Cavaleiros – ‘Humanizar o Turismo’.

O evento vai debater como humanizar o setor, as necessidades, as respostas e soluções, contando com a presença de empresários, técnicos de turismo, estudantes de áreas tão distintas como o turismo, a geologia ou a biologia e diversos profissionais.

Os participantes são convidados ainda a fazer uma viagem ao interior da terra no Geopark Terras de Cavaleiros, que proporciona uma aula de geologia a céu aberto.

“A humanização do território do Geopark Terras de Cavaleiros, povoado desde a sua ancestralidade, é garante de um legado cultural assinalável, da sua preservação ambiental, ou de uma nova viagem sensorial por entre histórias, paladares e aromas distintos”, sublinha a Câmara Municipal de Macedo de Caveleiros.

As inscrições podem para o congresso, que vai realizar-se nos dias 27 e 28 no Centro Cultural de Macedo de Cavaleiros, podem ser feitas em www.congressoterrasdecavaleiros.com.

Em simultâneo com a Feira de Caça e Turismo vai realizar-se a Rota Gastronómica do Javali, com 17 restaurantes a apresentarem nas suas ementas pratos de javali.

Entre as atividades da 21ª edição destaca-se ainda a Exposição e Prática de Falcoaria, a Prática de Tiro com Arco e Besta, e a Exposição de Fauna Viva de Espécies Cinegéticas.