Ana Rita Vigário
Publicidade

Roberto Ferreira e Ana Rita Vigário, da equipa Maiatos/Reabnorte, venceram este domingo a última etapa da Taça de Portugal de Ciclocrosse, disputada em Melgaço, conquistando assim o troféu na categoria de elite.

A corrida masculina foi de grande intensidade e equilíbrio. O campeão nacional, Roberto Ferreira, Ricardo Marinheiro, travou até ao fim uma luta renhida com José Dias, mas acabou por ser o mais rápido mais lesto, com o mesmo tempo do adversário.

Roberto Ferreira venceu a Taça de Portugal e terminou a época com 200 pontos, mais 25 do que Vítor Santos e mais 40 do que Mário Costa, que liderava, mas faltou à última prova, devido a compromissos com a equipa espanhola que vai representar em 2017.

Na prova feminina Ana Rita Vigário foi superior a toda a concorrência, deixando a segunda classificada, Daniela Pereira (Saertex Portugal/Edaetech), a 34 segundos, e a terceira, Ana Vale, a 3m10s.

A vitória na etapa minhota da Taça garantiu à corredora de Gondomar a conquista da Taça de Portugal, ultrapassando a ausente Joana Monteiro, que, apesar de ausente nas duas últimas provas, terminou na segunda posição.

Decisão ao sprint

Ainda este domingo Raquel Queirós conquistou a Taça de Portugal de sub-23 feminina, batendo ao sprint Marta Branco. As duas corredoras chegaram a Melgaço com os mesmos pontos e disputaram a corrida deste domingo taco a taco, mas Queirós acabou por gastar menos três segundos do que a adversária.

Em juniores, Carlos Salgueiro (Maiatos/Reabnorte) chegou ao Alto Minho com a Taça garantida, mas não fez a dobradinha, pois foi batido por Pedro Costa na etapa.

O galego Mario Lorenzo (CC O Rosal) também triunfou este domingo, nada que impedisse a vitória do ausente Tiago Sousa (ASC/Focus Team/Vila do Conde) na geral. Ana Santos (ASC/Focus Team/Vila do Conde) foi a melhor cadete na etapa e também na Taça de Portugal.

Manuel Lopes foi o melhor master 30 neste domingo, mas Rúben Nunes (ASC/Focus Team/Vila do Conde) impôs-se na geral. Em master 40, Marco González (MMR Bikes) ganhou a etapa e António Sousa (Maiatos/Reabnorte) venceu a geral.

O espanhol Antonio Garrido (CC Salvaterra de Miño) conquistou a prova de master 50, mas a vitória na geral coube ao português Rodolfo Lopes.

A prova de masters femininas foi mais empolgante, com Raquel Marques (ASC/Focus Team/Vila do Conde) a ultrapassar Marina Leitão nas contas finais da Taça.

João Cruz (ASC/Focus Team/Vila do Conde) ganhou a corrida de juvenis não pontuável para a Taça de Portugal.