Cia.Moveo, vencedor do Mais Imaginarius 2016
Publicidade

Cento e noventa artistas e criadores de 38 países dos cinco continentes candidataram-se à edição deste ano do Mais Imaginarius, concurso internacional de criações artísticas para o centro histórico de Santa Maria da Feira.

Estados Unidos, Argentina, Brasil, Austrália, Bélgica, Cabo Verde, República Checa, Irão, Japão e Portugal são alguns dos países que vão competir nesta secção do festival de teatro de rua Imaginarius –  que se realiza nos dias 26 e 27 de maio -, a qual desafia os profissionais a apresentarem propostas que abordem o espaço público nas suas mais diversas perceções, testando formatos e modelos, rumo à construção de novas identidades artísticas.

“Há um crescente interesse de artistas e criadores emergentes de todo o mundo no projeto cultural de Santa Maria da Feira e uma vontade de participar ativamente na vida cultural da cidade”, sublinha o vereador da Cultura da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, Gil Ferreira.

O Mais Imaginarius reflete a aposta do município no posicionamento internacional do festival. Desde que foi criada, em 2010, já se registaram mais de mil candidaturas a esta secção.

“A diversidade, quantidade e qualidade dos projetos que têm sido apresentados a concurso no âmbito do Mais Imaginarius espelham a vontade dos artistas em ocupar o espaço público de Santa Maria da Feira e de se expressarem através múltiplas linguagens artísticas”, sublinha a autarquia.

Na edição 2017, o Mais Imaginarius vai explorar dois eixos distintos de intervenção no espaço público, que permitem a participação de diversas linguagens artísticas: Teatro, Dança, Música, Circo, Performance, Intervenção, Instalação, Arte Digital, Novos Media, Graffiti e Multidisciplinar.

O júri do concurso internacional de criações de artistas emergentes vai agora reunir e avaliar as 190 propostas, selecionando 20 intervenções/performances para apresentar durante o festival Imaginarius, no espaço público de Santa Maria da Feira.

Todos os projetos admitidos são candidatos a um prémio final, que se contextualiza pela realização de uma criação em residência a estrear na edição de 2018 do festival Imaginarius.