Fotografia: Município de Sernancelhe
Publicidade

Dezasseis associações do concelho de Sernancelhe, no distrito de Viseu, vão confecionar outras tantas sopas que revelem a tradição e cultura local e beirã durante a 4ª edição do Festival de Sopas e Encontro de Ranchos, de 17 a 19 de fevereiro no Expo Salão.

O evento vai dar a conhecer, uma vez mais, os sabores e saberes de antigamente, recuperando receitas e associando-lhes produtos da terra, na sua maioria biológicos e colhidos nas hortas e quintais ao redor dos núcleos das freguesias.

“A sopa é o resultado desse saber que passou de geração em geração e que, caso agora não fosse impulsionado com iniciativas como o Festival de Sopas, corria o risco de se perder”, sublinha a Câmara Municipal de Sernancelhe, que organiza o certame.

A poucos dias do festival, a autarquia revela que o número de associações que confecionam a sopa tem vindo a aumentar, sendo agora representativas de praticamente todas as freguesias do concelho.

“Percebe-se, aliás, nestas agremiações a preocupação em inventariar as receitas tradicionais de cada comunidade para garantir a sua perpetuação, processo determinante para que o concelho disponha, dentro de alguns anos, de perto de uma centena de sopas que explicam o seu passado”, revela a Câmara Municipal.

Além das sopas, o evento, de entrada livre, vai contar com um programa de animação que inclui dez ranchos folclóricos do centro e norte de Portugal e uma exposição etnográfica das artes e dos ofícios de antigamente, onde não vão faltar as antigas cozinhas da aldeia, as tabernas e os espaços agrícolas típicos dos meios rurais.

O Festival de Sopas e Encontro de Ranchos é promovido pelo município de Sernancelhe em colaboração com associações, juntas de freguesia, restaurantes locais, contando ainda com o apoio da Escola Profissional de Sernancelhe e de alunos e formadores do curso de Cozinha e Restaurante/Bar.