Fotografia: Lino Ramos

A cidade do Porto foi eleita esta sexta-feira como Melhor Destino Europeu de 2017, título que conquista pela terceira vez.

“Nunca a escolha da cidade vencedora foi tão unânime entre os viajantes de todo o mundo”, destaca a organização do prémio Best European Destination.

A cidade portuguesa estava em competição com outras 19 urbes europeias e foi a que recolheu mais votos para local de eleição de férias.

A organização considera que “o Porto é excecional em mais de um sentido” e vai seduzir os visitantes com a sua “história, arquitetura, cultura, gastronomia, comércio, encontros e descobertas”.

Entre as razões para esta preferência conta-se a história e identidade da “cidade invicta”, os seus ex-libris, o rio Douro e a gastronomia.

Os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) revelam que o Porto é cada vez mais um destino procurado para trabalhar, viver e visitar.

Para ajudar à eleição do Porto como Melhor Destino Europeu, no final de janeiro foi apresentado um vídeo promocional, que contou com a participação de diversas figuras públicas, como o jornalista Júlio Magalhães, o músico Miguel Guedes ou o futebolista Herrera, que joga no Futebol Clube do Porto.

O ano passado foi o melhor de sempre para o turismo portuense, cujo principal público foi português (28%), seguindo-se os espanhóis (16%) e os franceses (10%).

A cidade italiana de Milão ficou em segundo lugar no Best European Destination, seguida de Gdansk, na Polónia, e Atenas, capital da Grécia. No top cinco está ainda San Sebastian, no País Basco.

A “cidade invicta” repete assim os triunfos de 2012 e 2014. Na votação para escolher o Melhor Destino Europeu, que decorreu ao longo das últimas três semanas, participaram viajantes de 174 países.