Les Secrets des Roys

O Palácio Pimenta do Museu de Lisboa vai abrir portas no dia 27 de fevereiro para um baile de máscaras que começa com música barroca e prolonga-se pela noite dentro com o grupo Parapente 700 e DJ.

Os anfitriões vão receber os convidados a partir das 19:000 horas no átrio do palácio, oferecendo uma máscara a cada pessoa.

Segue-se o concerto de Les Secrets des Roys, músicos vestidos a rigor e inspirados no estilo barroco. Formado em 2009, este agrupamento já atuou em locais como o Palácio de Queluz e dos Condes do Marquês de Pombal em Oeiras, tendo participado no Carnaval de Praga, na República Checa.

No seu repertório incluem-se obras de caráter sacro e profano, de compositores oriundos de vários países europeus, e cada apresentação é preparada com grande cuidado a nível cénico.

O grupo Parapente 700 vai animar o palácio com o som ritmado de violino, concertina e voz do ucraniano Denys Stetsenko e da portuguesa Eva Parmenter, que transformam músicas tradicionais de outrora e compõem outras, fundindo as inspirações atuais com os traços do passado, numa viagem pela Europa que junta danças italianas, francesas, suecas ou portuguesas.

Para os mais resistentes, a festa prolonga-se pela noite dentro, até à 1:30, com um DJ e música dos mais variados géneros e épocas.

O baile de máscaras vai decorrer num cenário adequado à ocasião, dado que o Palácio Pimenta é um antigo palácio de veraneio da primeira metade do século XVIII, enquadrado pelo que resta de uma antiga quinta senhorial.

Mandado construir por Diogo de Sousa Mexia, figura de relevo dos reinados de D. Pedro II e D. João V, o edifício foi econstruído entre 1734 e 1746.

O espetáculo de 27 de fevereiro tem um custo de 5€ por pessoa e inclui oferta de uma máscara e de uma bebida). A EGEAC aconselha a reserva de bilhete para servicoeducativo@museudelisboa.pt. A entrada é livre para menores de 12 anos.