Fotografia: Câmara Municipal de Vouzela / João Cosme
Publicidade

O município de Vouzela, no distrito de Viseu, promove este fim de semana mais uma ação de reflorestação, que vai incidir na área destruída pelo grande incêndio do Caramulo, no verão de 2013, e no Monte da Senhora do Castelo.

A iniciativa faz parte da campanha “Março mês do voluntariado para as florestas”, iniciada há uma semana, e que até dia 25 vai plantar 18.000 árvores, anunciou o município de Vouzela.

O objetvio é recuperar aquela zona da Mata da Penoita afetada pela calamidade e, simultaneamente, adensar o Monte da Senhora do Castelo, onde decorre um processo de controlo e combate às plantas infestantes, nomeadamente a mimosa.

As árvores foram cedidas no âmbito de uma candidatura apresentada pela autarquia ao “Floresta Comum”, um programa de fomento e incentivo à recuperação da floresta autóctone portuguesa dinamizado pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) e Quercus.

A campanha de voluntariado começou no dia 11 de março e continua este sábado e domingo, terminando no dia 25, sempre no período da manhã, com a participação de várias entidades, como os Bombeiros Voluntários de Vouzela, o Agrupamento de Escuteiros de Campia e o Exército.

O município apela também à colaboração da comunidade local, bem como do movimento associativo e empresarial. “A participação de todos e de cada um é muito relevante na recuperação da nossa floresta e destes espaços emblemáticos do nosso concelho”, sublinha a Câmara de Vouzela.

Os interessados em participar na iniciativa podem inscrever-se junto do Gabinete Técnico Florestal da autarquia pelo 232 740 740 ou pelo mail gtf@cm-vouzela.pt