Publicidade

Super Bock Super Rock festeja os 18 anos com a estreia de Lana Del Rey e o regresso de Peter Grabriel.
O festival chega à maioridade, mas mantém-se na “casa” dos últimos anos: o Meco, pois claro. Esta quarta-feira, é a vez dos DJ´s. Os concertos chegam na quinta.

Dezenas de artistas vão passar pela Herdade da Cabeça da Flauta, mas há um que está a despertar particular curiosidade: Lana Del Rey, fenómeno pop do ano, que vai atuar em Portugal pela primeira vez. Perfume Genius ou The Shins são outras das estreias.

Se uns vêm pela primeira vez, outros apostam no regresso. E bem acompanhados. É o caso de Peter Grabriel, que vai ter a seu lado a The New Blood Orchestra, prometendo recriar em palco as canções que gravou no álbum orquestral do ano passado.

De resto, o cartaz conta com nomes bem variados, tais como Incubus, Regina Spektor, Dt. Vincent, Bloc Party ou The Horrors.

Frente aos seus ídolos, o público sabe que conta este ano com relva junto ao palco principal. É uma das medidas tomadas pela organização do Super Bock Super Rock para tentar diminuir a poeira que todos os anos salta à vista. Literalmente.

Mais longe dos palcos, na zona de campismo, há agora mais chuveiros e foi até criado um caminho pedonal para a Lagoa de Albufeira.