Publicidade

O festival KaZantip arranca esta sexta-feira, no Alqueva. “O maior festival de música do mundo” vai decorrer, sem parar, até 26 de agosto.
São 38 dias e 24 horas diárias de desportos radicais e muita música electrónica. O KaZantip, maior festival de música do mundo, chega pela primeira vez a Portugal. As margens do Alqueva, no concelho de Moura, acolhem o evento, num espaço com quase um milhão de metros quadrados.

Mais de 1.200 dj’s irão passar música, ininterruptamente, e as atividades radicais serão também o prato forte deste festival, num ambiente de festa constante.

O festival, cuja primeira edição se realizou na Ucrânia, em 2002, tem uma forte conotação sexual.

José Maria Pós-de-Mina, presidente da Câmara Municipal de Moura, afirmou, em declarações à agência Lusa, que a autarquia espera que a edição portuguesa do KaZantip “possa decorrer com normalidade”.

“Se houver práticas que não forem conformes com as normas legais em Portugal”, o município irá “tomar as medidas apropriadas e participar os casos às entidades competentes”, garantiu.