Publicidade

Alexandre é contactado por uma editora que se propõe publicar a história do seu pai, Joaquim, professor universitário e ex-comando da guerra do Ultramar. Durante a pesquisa, Alexandre descobre um negativo fotográfico que muda por inteiro a memória que tem do progenitor. Deverá ele fornecer esta informação à editora e, assim, revelar o lado menos conhecido do pai?

A pergunta enforma a curta-metragem Em Banho de Paragem que desde o último sábado está a ser rodada em Coimbra por Nuno Rocha, Manuel Pinto Barros e Pedro Adamastor, no âmbito da 18.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra.

O filme resulta de um projeto do curso de Cinema – Cinemalogia, promovido pelos Caminhos do Cinema, que reinventa os métodos do trabalho para edição, ao apostar em três autores. Nuno Rocha coordena a realização, Manuel Pinto Barros a direcção de fotografia e Pedro Adamastor a direcção de som.

A última etapa da produção, que decorreu ao longo dos últimos meses, envolve a aplicação dos conhecimentos adquiridos pelos formandos nos módulos anteriores e o desenlace vai constituir o material necessário para prosseguir os trabalhos nas etapas da Pós-Produção e Distribuição do Curso de Cinema – Cinemalogia.

Até dia 23 de março o curso Cinemalogia ‘da ideia ao filme’ convida as pessoas a participarem e a assistirem no processo de transformação de uma ideia em filme.