Fotografia: Federação Portuguesa de Tiro
Publicidade

Portugal vai contar pela primeira vez com um atirador em Jogos Paralímpicos, no Rio’2016, que se disputam em setembro, face ao apuramento de Adelino Rocha, que no domingo conquistou a segunda marca de qualificação necessária.

O atleta do Clube de Tiro de Fervença apurou-se na prova de pistola a 50 metros (P4) da Taça do Mundo de Bangkok, na Tailândia, alcançando o segundo MQS necessário, com 513 pontos, o que corresponde ao 12º lugar na competição. O primeiro MQS foi obtido na Taça do Mundo de Fort Benning, Estados Unidos da América.

“O resultado alcançado aqui em Banguecoque foi para mim um grande orgulho e satisfação, pois sabia que tinha alcançado os objetivos que tanto ansiava, que era poder representar Portugal nos Jogos Paralímpicos no Rio de Janeiro”, disse o atirador.

Com mais este apuramento, Portugal tem, agora, atletas em seis modalidades qualificados para os Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, que decorrem entre 7 e 18 de setembro: atletismo, boccia, ciclismo, judo, natação e tiro.