Imagem aérea da futura pista de BMX

A freguesia de Sangalhos, no concelho de Anadia, vai ter a primeira pista de BMX com características olímpicas da Península Ibérica. O acordo para a construção da infra-estrutura, junto ao CAR – Centro de Alto Rendimento de Anadia / Velódromo Nacional, foi assinado entre o município de Anadia e a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC).

“Sendo o BMX uma disciplina olímpica de ciclismo em franco crescimento por todo o mundo, a construção da primeira infraestrutura com características olímpicas da Península Ibérica irá colocar Portugal e o concelho de Anadia na rota dos melhores corredores e selecções, sobretudo porque a pista poderá partilhar equipamentos e infraestruturas com o Centro de Alto Rendimento, tornando-se atractiva para estágios”, sublinha a FPC.

A Câmara Municipal de Anadia assume as despesas relativas ao projecto geral da obra, acompanhamento técnico da execução da pista e à sua certificação internacional pela UCI (União Ciclista Internacional), ficando ainda responsável por disponibilizar os materiais e equipamentos necessários à modelação do terreno e construção da pista, e por instalar as estruturas de suporte, pórticos e equipamento start.

A FPC assegura o acompanhamento técnico da obra, garantindo que a pista terá todas as características necessárias para obter o reconhecimento e a homologação por parte da UCI.

O projecto geral, de cerca de um milhão de euros, inclui, além da pista, os arranjos exteriores e a construção de um edifício de apoio, com balneários e instalações sanitárias, que poderá vir a integrar um centro de avaliação e de controlo de treino, revela a Federação Portuguesa de Ciclismo.

A pista, a construir durante o ano de 2017, é mais um argumento a favor da candidatura de Anadia a Cidade Europeia do Desporto 2020.