Capela das Carrancas. Fotografia: CM Castro Daire
Publicidade

As Termas do Carvalhal situam-se a quase 500 metros de altitude na freguesia de Mamouros, concelho de Castro Daire e unem de forma exemplar o termalismo ao campo, à natureza, às tradições seculares e à gastronomia regional. Estamos em plena Beira Alta. A paisagem de fundo une a Serra de Montemuro ao rio Paiva num cenário memorável.

Na encosta desse rio fica a Igreja da Ermida, que é monumento nacional. Fundada no século XII por D. Roberto, monge francês, era constituída pela igreja e um mosteiro anexo, do qual restam algumas ruínas dos seus claustros. Também é conhecida por Templo das Siglas, devido aos numerosos símbolos gravados nas pedras. Pensa-se que sejam marcas dos canteiros que trabalharam na construção do templo, servindo como método para contabilizar o trabalho de cada artífice.


Publicidade

RodaClássica

Um outro templo, a Capela das Carrancas, destaca-se pela planta octogonal. Foi construída em 1776 por ordem de D. Manuel de Vasconcelos Pereira, Bispo de Lamego natural de Castro Daire, em conjunto com a Casa da Cerca, ao lado, servindo-lhe de capela privativa.

Fotografia: CM Castro Daire

 

Este e outros pontos de interesse podem ser admirados do alto de um dos oito miradouros que existem no concelho. Para quem quer conhecer mais de perto o território, há os percursos pedestres do Paiva, dos moinhos e carvalhos, das minas e levadas, entre outros.

À mesa não falta o Cabritinho de Montemuro nem a Vitela Arouquesa. Outros pratos típicos são o Arroz de Feijão com Salpicão, as Trutas de Escabeche do Rio Paiva ou as Migas, antes de chegar à sobremesa e ao singular Bolo Podre, ex-libris gastronómico de Castro Daire.


Fique a conhecer melhor estes municípios e aproveite para planear as suas férias e visitar alguns destes locais. De carro, mota, bicicleta, caravana ou a pé; de uma vez só ou por etapas, a N2 pode ser feita de variadas formas. Visite a edição completa no link seguinte: Rota da Estrada Nacional 2.