Retrato de Camilo Castelo Branco
Publicidade

O Auditório Municipal de Ribeira de Pena vai receber nos dias 8 e 9 de Setembro o II Congresso Internacional “Camilo: O homem, o génio e o tempo”, uma iniciativa da autarquia local que pretende perpetuar a memória do escritor, que ali viveu.

A relação de Camilo Castelo Branco com os valores da época, as tendências da sua poética ficcional e os ecos da sua obra na posteridade são alguns dos tópicos do evento.

A aldeia de Friúme, situada no concelho de Ribeira de Pena, foi um dos cenários da vida de Camilo Castelo Branco, que ali se enamorou e casou com Joaquina de França, de quem teve a primeira filha, Rosa.

“Desta estadia fugaz por Friúme o escritor levou a essência da terra e das gentes que se verifica ao longo de toda a sua obra”, sublinha o município de Ribeira de Pena.

A autarquia realizou o primeiro congresso “Camilo: o homem, o génio e o tempo” em 2016, 175 anos após o casamento de Camilo e Joaquina.

O objectivo foi dar seguimento ao trabalho já realizado pelos anteriores seminários de “Camilo e Ribeira de Pena” e abrir novas perspectivas de estudos camilianos.