Publicidade

O debate sobre o “Impacto das alterações climáticas na agricultura, na caça e na pesca” é um dos destaques da 16ª Feira Internacional do Norte – Norcaça, Norpesca e Norcastanha, que começou hoje em Bragança. Um dos temas que têm marcado a actualidade do sector da agricultura vai ser discutido a partir das 21:00 horas no Auditório do Nerba, três horas depois da abertura do certame. Até domingo a feira vai expor e promover alguns dos valores mais emblemáticos da região, como os patrimónios cinegético, piscícola, turístico e gastronómico.

O programa inclui um vasto conjunto de actividades ligadas aos sectores da caça e da pesca, como exposições de fauna, pintura e fotografia, montarias, avaliação de cães de caça, demonstrações técnicas e concursos de pesca, demonstração de cetraria ou largada de perdizes e faisões.

Nas actividades desportivas, destacam-se a Maratona Ibérica da Castanha – BTT e o percurso pedestre “Por Entre os Soutos”, ambos no domingo de manhã.

A castanha, um dos produtos mais característicos da região, vai ser divulgada nos concursos da Castanha da Terra Fria e dos Doces de Castanha, ou as Quadras de S. Martinho, que envolve as escolas do concelho.

Em paralelo com a Feira Internacional do Norte, vai realizar-se a Semana Gastronómica Caça, Pesca e Castanha, que vai permitir aos visitantes degustar os pratos confeccionados pelos 15 restaurantes aderentes.