Vista do Cabo Girão para Câmara de Lobos, Madeira – Fotografia de Edilson Coutinho
Publicidade

Criados em 1993, os World Travel Awards reconhecem os melhores destinos turísticos a uma escala mundial. Em 2013 a Madeira foi premiada como o melhor destino insolar europeu. Desde então nunca foi perdendo prestígio a nível turístico e tem marcado cada vez mais pontos a nível global.

Pico do Areeiro, Madeira – Fotografia de Edilson Coutinho

Conhecida como a Pérola do Atlântico, a ilha possuí um prestígio adquirido através das belezas naturais e das grandes ofertas.

No entanto, é de lembrar que a Região Autónoma da Madeira é composta pelas Ilhas Desertas, Ilhas Selvagens, Porto Santo e a própria Ilha da Madeira. Sendo as duas últimas habitáveis, são os destinos preferidos dos turistas.

No ano seguinte, em 2014, a Madeira volta a ser considerada o melhor destino insular europeu. Na corrida estavam outras regiões paradisíacas como Barbados, Ilhas Cook, Creta, Jamaica, Maldivas, Maurícias, Santa Lúcia, Sardenha, Seychelles, Sicília e Zanzibar.

As paisagens magníficas que se deslumbram ao longo dos trilhos entre o Pico do Areeiro e o Pico Ruivo, as praias de rochas ou areia preta, assim como a Praia da Calheta com areia importada de Marrocos e da Figueira da Foz ou até mesmo a Praia de Porto Santo com areias terapêuticas, elevam a posição obtida no concurso.

Vista do Cabo Girão para Câmara de Lobos, Madeira – Fotografia de Edilson Coutinho

A região onde nasceu o melhor jogador de futebol do mundo foi premiada como o melhor destino insular do mundo em 2015. Embora tenha perdido na categoria europeia, o primeiro lugar mundial foi reconhecido à Madeira.

Novamente, as cores exóticas, as espécies que constituem a biodiversidade, as cascatas naturais que se encontram ao longo da costa e as comidas tradicionais que encantam os visitantes, foram o ponto chave para que a ilha fosse a escolha mundial.

No ano passado, a insula voltou a recuperar o título de melhor destino europeu e ainda se manteve como o melhor destino insular do mundo. Assim, nesse ano foi recompensada com dois “óscares do turismo” pelo esforço anual que faz para manter a notoriedade.

Na 24.ª edição dos World Travel Awards, que decorreu no dia 30 de Setembro deste ano, a Madeira concorreu contra os Açores, Baleares, Canárias, Chipre, Creta, Guernsey, Jersey, Malta, Sardenha e Sicília, e voltou a ganhar na

Ponta de São Lourenço, Madeira – Fotografia de Edilson Coutinho

categoria de melhor destino insular europeu.

Porém, perdeu a posição de melhor destino insular do mundo. Ainda assim, as distinções não ficaram por aqui. Na categoria dos melhores hotéis, o Pestana CR7 e o Pestana Porto Santo são fortemente enaltecidos, recebendo também gratificações.

 

Texto: Edilson Coutinho