Publicidade

O Centro Cultural de Belém (CCB) inaugura no dia 17 de Novembro uma exposição sobre os portugueses que foram obrigados a trabalhar para o III Reich durante a 2ª Guerra Mundial.

A mostra, intitulada Os Trabalhadores Forçados Portugueses no III Reich, abre ao público após o colóquio internacional “O Trabalho Forçado na Europa Durante a II Guerra Mundial”, que vai decorrer no mesmo dia, a partir das 18:00 horas.

Segundo o CCB, trata-se da “primeira exposição que aborda o tema dos portugueses de todas as origens e condições que foram sujeitos a trabalhos forçados no âmbito do sistema concentracionário do III Reich”.

A mostra resulta de um projecto de investigação do Instituto de História Contemporânea da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, apoiado pela fundação alemã EVZ – Erinnerung, Verantwortung, Zukunft (Memória, Responsabilidade, Futuro), pelo Goethe-Institut e pela Associação CIVICA (França).

O projecto é dirigido pelo historiador português Fernando Rosas, que coordena uma equipa de investigadores de vários países europeus.

A exposição tem entrada livre e vai estar patente no Centro de Congressos e Reuniões do CCB até ao dia 22 de Janeiro de 2018.