Fotografia: CM Cascais
Publicidade

Mais de 120 organizações não-governamentais vão reunir-se em Cascais, de 23 a 26 de Novembro, na Assembleia-Geral do COMEM (Council of Members), que marca o início das celebrações do Ano Europeu da Juventude 2018.

Estas associações vão na estar na vila, Capital Europeia da Juventude em 2018, para relatar as suas experiências nas boas práticas de trabalho com jovens.

No primeiro dia do evento vai ser anunciada a Capital Europeia da Juventude para 2020, título ao qual concorrem as cidades de Amiens (França), Chisinau (Moldávia),  Klaipèda (Lituânia),  Timisoara (Roménia) e Villach (Áustria). A revelação vai ser feita durante a Cerimónia Oficial, a partir das 19:00 horas, no Mercado da Vila.

A Assembleia-Geral da COMEM vai debater temas relevantes como o papel da intervenção social das associações juvenis na sociedade.

Cascais vai ser a Capital Europeia da Juventude em 2018, sucedendo a Varna, na Bulgária, e juntando-se às cidades de Roterdão, Turim, Antuérpia, Braga, Maribor, Tessalónica, Cluj- Napoca e Ganja, que já acolheram a iniciativa.

A Capital Europeia da Juventude é uma iniciativa do Fórum Europeu da Juventude com o objectivo de desenvolver iniciativas de âmbito cultural, social, político e económico destinadas aos jovens.