Publicidade

Mário Costa (Brújula Bike Racing Team) e Sandra Santos são campeões nacionais de ciclocrosse na categoria de elite, após vencerem este domingo a prova que decorreu no Centro de Estágios de Melgaço.

O vila-condense Mário Costa liderou a corrida desde a primeira volta, inicialmente na companhia de Ricardo Marinheiro e, mais tarde, a solo, reconquistando assim um título que lhe escapava desde 2015. Vítor Santos (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão) foi o segundo, a 1m18s, e Roberto Ferreira (BTT Seia) fechou o pódio, a 1m28s.

Na prova de elite feminina, Sandra Santos impôs-se à concorrência e revalidou o título nacional, terminando a corrida com uma vantagem de 36 segundos sobre a segunda classificada, Marta Branco (Maiatos/Reabnorte), e 1m36s sobre a terceira, Joana Monteiro (Brújula Bike Racing Team).

Este domingo disputou-se ainda a prova masculina de sub-23, que foi uma luta intensa e equilibrada. O mais forte foi o sub-23 de primeiro ano Miguel Salgueiro (Sicasal/Constantinos/Delta Cafés), seguido por Bruno Silva (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão), a apenas 2 dois segundos, e por João Rocha, a 43.

Jéssica Costa (ASC/Focus Team/Vila do Conde) foi a melhor sub-23 feminina, secundada por Débora Figueiredo (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact) e Carina Viana (Tensai/Sambiental/Santa Marta).

Guilherme Mota sagrou-se campeão nacional de juniores, enquanto as corridas de cadetes foram ganhas por dois corredores do BTT Loulé/Elevis, Diogo Neves e Daniela Campos. Rogério Matos (Rompe Trilhos/Apcar) triunfou em master 30, Hugo Moreira em master 40 e António Moreira em master 50. Raquel Marques (ASC/Focus Team/Vila do Conde) ganhou a corrida de masters femininas.

Os novos campeões nacionais voltam a competir já no próximo domingo, no Ciclocrosse Internacional de Valongo, que vai decorrer no Parque Aventura da Lipor, em Ermesinde, encerrando a Taça de Portugal 2017/2018.