Tradições presentes

Publicidade

Indo eu, indo eu…

Em Julho, todos os caminhos vão dar a Viseu. Da Alemanha, Letónia, Hungria, Roménia ou Irlanda – só para dar alguns exemplos – vão chegar milhares de pessoas para participar no maior festival de folclore da Europa, a Europeade, entre os dias 25 e 29. É uma espécie de Eurovisão, mas muito mais abrangente, onde mais de 200 grupos, vestidos com os seus trajes típicos, cantam, dançam e partilham histórias, exibem com orgulho a identidade da sua terra natal.

Quando se fala em folclore, ainda muitos o associam apenas ao rancho e à música popular, ignorando que é algo muito mais abrangente: é toda a cultura popular, são as tradições e os costumes transmitidos de geração em geração, como canções, danças, artesanato, jogos, lendas, contos ou provérbios, é o conhecimento produzido por uma comunidade ao longo da sua história.

Tendo como mote a Europeade, esta edição é inteiramente dedicada ao folclore – nela antecipamos o que vai ser o festival, apresentamos alguns participantes, entre ranchos, grupos de cantares e orquestras, e olhamos para o exemplo de Viseu, que está a tentar “pôr o folclore na moda”.

Para os leitores mais cépticos ou menos interessados por estes temas, fica um apelo à descoberta: o folclore pode ser algo mágico e surpreendente. Nada melhor do que ir a Viseu.

...by Descla

Na Fronteira da História: Pelas fortalezas do Norte

Nesta edição percorremos a fronteira portuguesa, cheia de castelos, fortalezas e muralhas que durante séculos protegeram o reino dos ataques castelhanos.

A Estrela quer ser geoparque

O Vale Glaciar do Zêzere, a vila de Belmonte a as Penhas Douradas são algumas das atracções do Aspiring Geopark Estrela

No pulmão transmontano

Macedo de Cavaleiros é a definição de museu ao ar livre: todo o concelho abrange o geoparque

Nove ilhas, muitos vulcões, um geoparque

O Geoparque Açores é composto por 121 geossítios, que representam a enorme geodiversidade do arquipélago

Arouca Geopark, um baú de maravilhas da natureza

A maior parte dos portugueses conhece os Passadiços do Paiva, mas o Arouca Geopark tem mais (muito mais) para dar a conhecer