Publicidade

Arouca recua até ao século XVIII com o “Arouca, História de um Mosteiro”. O evento dá a conhecer o contraste entre os modos de viver exuberantes do barroco e a austeridade religiosa. São esperadas várias animações e recriações próprias da época.

São dois os momentos do evento: “Retratos do Barroco” e “Recriação Histórica”. O primeiro acontece de 13 a 18 de Julho e faz o Mosteiro de Arouca abrir as suas portas a uma série de actividades.  Os visitantes podem percorrer os espaços conventuais e saborear a doçaria regional. Para entrar no espírito festivo do Barroco, pode assistir-se a concertos e espectáculos de teatro, participar num jantar típico, e até aprender dança barroca.

Para os mais estudiosos, é ainda possível aprender sobre a iluminura da época e o papel das boticas religiosas na sociedade portuguesa através de workshops.

Na noite de 18 de Julho as famílias podem participar na visita com jogos “Lenda da Rainha Santa Mafalda”, recordando a importância de D. Mafalda para a projecção do Mosteiro na Península Ibérica.

Já de 20 a 22 de Julho desenrola-se a segunda parte, “Recriação Histórica”, que consiste numa série de dramatizações. São dados a conhecer aos visitantes o modo de viver clerical e popular. As freiras voltam a habitar o Mosteiro de Arouca, mostrando o seu quotidiano: desde as orações no cadeiral, até às artes e aos cuidados médicos, passando pela eleição da abadessa. Também a vida fora do Mosteiro renasce, com recriações das lutas liberais e das repercussões do sismo de 1755.

A História do Mosteiro

O Mosteiro de Arouca foi fundado em homenagem a São Pedro no século X. Foi um convento dúplice até 1154, ano em que passou a ser exclusivamente de freiras. Em Junho de 1886, o Mosteiro foi extinto. Os bens transitaram para a Fazenda Pública devido à morte da última freira – momento esse que é recriado no evento. O espólio artístico foi mantido e guardado no Museu de Arte Sacra, entretanto aí instalado.

As informações do “Arouca, História de um Mosteiro” podem ser consultadas no site oficial.