Publicidade

A terceira edição do “Tondela Brancos Dão” voltou a destacar o melhor que há na Região Demarcada do Dão. No passado fim-de-semana 14 produtores de vinho branco e seis de vinho verde tiveram oportunidade de dar a provar as suas produções no Parque Urbano de Tondela.

É comum associar-se à Região Demarcada do Dão os tintos fortes e robustos, mas o “Tondela Brancos Dão” quis provar que os brancos e verdes também merecem destaque, nomeadamente pela casta Encruzado, da qual se extraem vinhos encorpados e untuosos.

A Região Demarcada do Dão teve neste evento uma rampa de lançamento para expor os vinhos menos conhecidos do público. “Esta é uma zona de excelência para os brancos e, nesta última década, tem-se registado um incremento muito forte”, afirmou o presidente da Câmara Municipal de Tondela, José António Jesus.

Um dos momentos altos do “Tondela Brancos Dão” foi a prova comentada com os enólogos Carlos Silva e Anselmo Mendes.

Música e Gastronomia Regional

Este foi o primeiro ano em que o evento teve lugar no Parque Urbano de Tondela, depois de as duas primeiras edições terem ocupado o Mercado Velho.

E porque qualquer vinho sobressai mais se acompanhado pela iguaria certa, foi montada uma tenda para receber as exposições e os espaços dedicados à gastronomia. Estiveram presentes o restaurante Três Pipos e o ACERT Sabores & Cultura.

O público pôde ainda saborear petiscos do Sr. Bacalhau (a empresa de transformação de bacalhau sediada em Tondela), e assistir às aulas de cozinha pelo Chef Diogo Rocha e o Chef Manuel Figueira, que trabalharam com os ingredientes próprios da região.

Para completar o ambiente de descoberta e descontracção, a música ficou a cargo de Marta Garret Trio (jazz) e o DJ Residente + Plus.

O “Tondela Brancos Dão” é um evento organizado pela Câmara Municipal de Tondela, em parceria com a Comissão Vitivinícola Regional do Dão (CVRD), e com o apoio da ViniPortugal.