Publicidade

Sob o mistério e exuberância da Quinta da Regaleira, desenrola-se a história fantástica de Edgar Allan Poe. A premissa do espectáculo Nocturnus – Os Contos Improvisados de Edgar Allan Poe é reencarnar, de forma improvisada, o universo literário de Edgar Allan Poe na paisagem única da Quinta mais conhecida de Sintra.

Esta é uma peça da companhia Instantâneos que estará em cena todas as sextas e sábados, de 20 de Julho a 18 de Agosto. O espectáculo começa à meia noite com doze badaladas, convidando o público a fazer uma viagem nocturna que acentua o imaginário obscuro do poeta que popularizou os contos de fantasia macabros.

Quem foi Edgar Allan Poe?

Edgar Allan Poe nasceu em Boston a 19 de Janeiro de 1809, e ao longo da sua carreira foi escritor, crítico literário e editor. Para muitos, é considerado um dos autores pioneiros da ficção científica e fantástica modernas. Algumas das suas obras mais icónicas incluem Os Crimes da Rua Morgue, A Carta Roubada, O Mistério de Maria Roget, e o poema O Corvo. Poe tinha um historial de abuso de álcool e tendências suicidas; faleceu com 40 anos de causas desconhecidas. O norte-americano é actualmente uma figura maior da cultura popular.

“Tudo o que vemos ou parecemos, não passa de um sonho dentro de um sonho”

Com base na citação de Poe, a companhia Instantâneos toma um fio de conduta para deslindar as circunstâncias da morte do poeta. Assim, o elenco e o público têm por missão  apurar o “sombrio universo do escritor norte-americano e através do seu próprio olhar, desvendar finalmente este segredo. Será que Poe, se perdeu no escuro? Ou foi a escuridão, que se perdeu em Poe?”.

Nocturnus – Os Contos Improvisados de Edgar Allan Poe é protagonizado por Marco Graça, Marco Martin, Nuno Fradique e Ricardo Soares, com participação especial da actriz Beatriz Frazão. O grupo Instantâneos nasceu em 2012 e é um dos conjuntos de teatro de improvisação mais reconhecidos em Portugal.

A peça é dirigida a maiores de 16 anos, e o bilhete custa 10 euros. Todas as informações podem ser consultadas no site da Quinta da Regaleira. O espectáculo Nocturnus é co-produzido pela Fundação CulturSintra.