Publicidade

Está de volta uma das mais emblemáticas provas do panorama automobilístico nacional. De 14 a 15 de Julho, todos os motores aceleram para a 28ª Rampa do Caramulo, que constitui a 5ª etapa do Campeonato de Portugal de Montanha.

Este ano, a Rampa do Caramulo conta com a novidade de incluir a prova do Troféu KIA Picanto GT Cup, sucedendo assim à Rampa da Falperra e do circuito de Vila Real.

A Serra do Caramulo vai receber cerca de meia centena de veículos, mais especificamente 30 viaturas do Campeonato de Portugal de Montanha e 15 do Troféu KIA Picanto GT Cup.

O traçado da Rampa do Caramulo estende-se ao longo de 2,8 quilómetros. Com um desenho sinuoso e bem asfaltado e sem curvas lentas, é um traçado rápido com duas rectas onde os automóveis podem atingir elevadas velocidades. A prova termina no sopé da Serra.

As rodas aceleram a montanha

A manhã de sábado está reservada para as verificações documentais e técnicas, sendo que o primeiro treino livre começa às 14:00 horas. No domingo, a pista fecha às 10:00, e as subidas iniciam-se às 11:00 horas com a segunda subida de treinos livres.

Em 2017, foi Rui Ramalho, com o seu Osella PA2000 Evo 2, o vencedor da Rampa do Caramulo, cujo tempo perfez 1m15.389s. O actual campeão nacional volta à prova para um fim-de-semana disputado e cheio de acção.

A primeira Rampa do Caramulo realizou-se em 1979, e desde então tem atraído inúmeros fãs de desporto automobilístico à Serra do Caramulo, no concelho de Tondela.

A Rampa do Caramulo de 2018 é organizada pelo Targa Clube, com a colaboração do Caramulo Racing Team e o apoio da Câmara Municipal de Tondela. Os detalhes do evento e lista de concorrentes podem ser consultados na página de Facebook da Rampa do Caramulo e no site oficial do Caramulo Motorfestival.