Publicidade

Mais do que uma simples gastronomia, a Dieta Mediterrânica é todo um modo de viver. E é precisamente isso que a Feira da Dieta Mediterrânica de Tavira assinala, com a sexta edição do evento que decorre de 6 a 9 de Setembro.

A Feira da Dieta Mediterrânica alberga o mercado de produtores, as mostras botânicas, e claro, as provas gastronómicas de variados petiscos. Poesia, exposições, projecções, visitas ao património e às colecções de fruteiras estão incluídas no evento.

A gastronomia mediterrânica pode ser descoberta nos vários restaurantes e tascas na Praça da Convivialidade. A agenda da VI Feira é completada com o jardim mediterrânico, as exposições de sementes e variedades endógenas, e conversas sobre temáticas relacionadas com a Dieta Mediterrânica.

E, como não podia faltar a música, na Praça da República vão actuar António a 6 de Agosto, o andaluz Diego El Cigala no dia 7, Carminho no dia 8, e AGIR a fechar a noite de 9 de Agosto.

Dado que a Dieta Mediterrânica é comum aos países banhados pelo mar, o palco do Castelo recebe artistas de diferentes nacionalidades: os italianos Mascarimiri, os gregos Ria Ellinidou & Band “Colours of Greece”, a andaluza Rocío Marquez e os marroquinos AYWA. A Igreja da Misericórdia será palco dos concertos do quarteto Ensemble Med e da jovem pianista andaluza Penélope Carrasco.

Na Igreja das Ondas faz-se ainda uma viagem pela poesia mediterrânica com Carlos Mota de Oliveira acompanhado por António Candeias, o Duo Mediterraneus e os Suono Cantabile com voz e alaúde. Destaca-se, também, a participação de grupos etnográficos portugueses, grupos de música popular e as oficinas de danças tradicionais mediterrânicas.

Este é um evento que insere-se no Plano de Salvaguarda aprovado pela UNESCO, resultante da inscrição da Dieta Mediterrânica na Lista do Património Cultural Imaterial da Humanidade, a Dezembro de 2013.

Mais pormenores da VI edição da Feira Mediterrânica na página da Câmara Municipal de Tavira.