Publicidade

A Academia Portuguesa de Cinema (APC) anunciou hoje a abertura de candidaturas ao Prémio Sophia Estudante 2018, que vai distinguir curtas-metragens realizadas por alunos de estabelecimentos do ensino superior e técnico em Portugal.

Os interessados podem inscrever-se até ao dia 2 de Novembro no site da ACA, enviando as respectivas obras, com a duração máxima de 20 minutos, para cada uma das seguintes categorias: Ficção, Documentário, Animação e Experimental. Este ano, pela primeira vez, vai ser entregue também o Prémio Sophia Estudante para Melhor Cartaz.

Nesse mesmo dia vão ser revelados os nomeados e a 13 de Dezembro vão ser conhecidos os três primeiros classificados para cada uma das categorias identificadas. A cerimónia de entrega dos galardões vai decorrer pela primeira vez no Porto, no Teatro Municipal Rivoli. A curta-metragem vencedora é premiada com cinco mil euros, material de iluminação e de de imagem, para a produção de uma nova curta-metragem.

Todos os premiados desse dia ficam ainda apurados para a primeira triagem do Júri dos Prémios Sophia e quatro deles vão ser escolhidos como nomeados na Cerimónia dos Prémios Sophia, a acontecer em Março de 2019.

A quinta edição dos Sophia Estudante vai contar com duas masterclasses acerca da temática “O Som no Cinema”. A primeira vai ser dada pelo editor de som luso-descendente Nelson Ferreira, nomeado aos Óscares de 2018 na categoria de Melhor Edição de Som pelo filme A Forma da Água, de Guillermo del Toro.

A segunda masterclass fica a cargo do som norte-americano Tom Fleishman, misturador de que já por cinco vezes foi nomeado aos Óscares e venceu a edição de 2012 na categoria de Melhor Edição de Som pelo filme A Invenção de Hugo, de Martin Scorsese.