Trevor Gordon Hall
Publicidade

O guitarrista norte-americano Trevor Gordon Hall vai actuar no próximo dia 16 de Novembro em Moimenta da Beira, distrito de Viseu, num concerto de carácter solidário em que a receita de bilheteira reverte na totalidade para a Liga Portuguesa Contra o Cancro e cujos ingressos, no valor de dois euros, podem ser adquiridos a partir desta segunda-feira.

Eleito um dos melhores 30 guitarristas do mundo com menos de 30 anos pela revista Acoustic Guitar, o músico é conhecido por combinar ritmos intensos com frases melódicas, o que lhe valeu o reconhecimento de alguns dos nomes mais lendários do mundo da produção artística e da música como Graham Nash, Steve Hackett, Billy Cobham, Dar Williams, Will Ackerman, Don Ross ou Andy McKee.

Em 2010 o guitarrista colaborou com vários construtores para projectar um novo instrumento, combinando a kalimba e a guitarra acústica. O resultado, a que Trevor Gordon Hall chama de “Kalimbatar”, abriu novas possibilidades para a música instrumental solo.

As primeiras composições com a nova invenção foram gravadas no álbum Entelechy, lançado em 2011, que obteve milhões de visualizações e abriu as portas ao norte-americano, que a partir de então começou a tocar regularmente não só nos Estados Unidos mas também no Canadá e em diversos países europeus.

Nos anos seguintes o músico redesenhou e ajustou o Kalimbatar com a ajuda do mestre luthier norte-americano Sheldon Schwartz. O resultado foi o álbum Mind Heart Fingers, de 2014. Sempre a trabalhar em novos sons e possibilidades, Trevor Gordon Hall lançou em 2015 o primeiro de uma série de EPs intitulado Kalimbatar Classics, Vol. 1, com arranjos de padrões de piano clássico para o seu novo instrumento. No ano seguinte aventurou-se por novos sons, incorporando guitarra eléctrica e texturas electrónicas, em Late Night with Headphones, Vol. 1.

Os bilhetes para o concerto, que vai realizar-se a partir das 21 horas no Auditório Municipal Padre Bento da Guia, podem ser adquiridos na Biblioteca Municipal Aquilino Ribeiro.