A artista plástica Patrícia Matos, ao lado do presidente da Câmara de Tondela, José António Jesus
Publicidade

As memórias do incêndio de 2017 no concelho de Tondela compõem a exposição “E o Vento Ardeu”, da artista plástica local Patrícia Matos, que decorre até ao próximo domingo no Mercado Velho.

O espaço encheu na última sexta-feira para a inauguração, na qual o presidente da autarquia de Tondela, José António Jesus, destacou que a mostra retrata, com um forte impressionismo, as marcas da tragédia.

“E o Vento Ardeu”

A exposição consiste em diversas pinturas e desenhos, feitos com o carvão que restou das árvores consumidas pelo fogo do dia 15 de Outubro do ano passado.

Desde 2015 que Patrícia Matos expõe vários trabalhos de pintura, ilustração, desenho e videoarte, sendo premiada nesta última área. As naturezas mortas, o retrato e a paisagem são os temas preferenciais da autora.

A artista é licenciada em Artes Plásticas pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, ainda que a formação inicial seja em Engenharia Biomédica. “E o Vento Ardeu” pode ser visitada todos os dias entre as 14:30 e as 19:30.