Fotografia da reportagem vencedora, "Carapito, terra de regalões", de Carlos Paixão
Publicidade

Carlos Paixão venceu a segunda edição do concurso de reportagem sobre o que há de melhor em Portugal, promovido pela revista Descla e pela FNAC Viseu, cuja cerimónia de entrega dos prémios decorreu esta sexta-feira à noite na Fnac Viseu.

O autor, que tinha conquistado o segundo lugar na edição do ano passado, ganhou agora com um artigo sobre a pitoresca aldeia de Carapito, no concelho de Aguiar da Beira, distrito da Guarda.

Trata-se de uma típica povoação do interior, cheia de identidade, tradições e lendas milenares, conhecida por ter uma das maiores antas da península ibérica, entre outros monumentos e edifícios históricos.

Carlos Paixão arrecadou assim o primeiro prémio, correspondente a duas noites para duas pessoas numa pousada de Portugal. Em segundo lugar ficou Mariana Rodrigues, com uma reportagem sobre o azulejo em Lisboa, que além de ser a capital do país é também a capital deste tipo de material.

O roteiro começa no incontornável Museu Nacional do Azulejo e passa pela Feira da Ladra, Igreja de São Vicente de Fora – cujo mosteiro tem o maior conjunto de azulejos barrocos de todo o mundo, 100 mil – e estação de metro do Parque Eduardo VII, entre outros locais. Com este trabalho, a autora ganhou um jantar para duas pessoas na Pousada de Viseu.

O terceiro lugar foi para Ângela Quinteiro, com a sua Rota do Românico pelos vales do Sousa, Douro e Tâmega, na qual dá a conhecer pontes, igrejas ou mosteiros de inegável valor, como o Mosteiro de Santa Maia de Cárquere, onde o infante Afonso Henriques se terá curado, ainda em criança, a pedido de Egas Moniz, seu aio, por intercessão da Virgem Maria. O último lugar do pódio deu direito a um pack especial FNAC Viseu.