Os habitantes da aldeia de Cabeça preparam o Natal. Fotografia: Pedro Ribeiro
Publicidade

Preparam-se as giestas, as videiras e os pinheiros que vieram das limpezas e desbastes florestais no Parque Natural da Serra da Estrela. A lã de ovelha bordaleira está bem guardada desde o tempo da tosquia. Pai Natal, nem vê-lo…

Na aldeia de Cabeça, no sopé da Serra da Estrela, os habitantes dão os últimos retoques para aquele que é, por certo, o Natal mais ecológico do país. De tais materiais vão fazer-se estrelas, candelabros, grinaldas naturais e corações para cobrir as fachadas do casario típico em xisto.

Cabeça, Aldeia Natal decorre este ano entre 15 de Dezembro e 6 de Janeiro, prometendo, como sempre, atrair milhares de pessoas à pitoresca povoação. O Pai Natal não entra nesta aldeia autêntica onde os habitantes abrem as portas das suas casas a quem chega, assumindo plenamente o espírito da quadra festiva.

A visita é complementada com tasquinhas de produtos regionais, artesanato, animação de rua e experiências inspiradas na história, saberes e sabores da serra da Estrela. A missa do galo, a fogueira de natal nas ruas da aldeia, as oficinas de cozinha no forno comunitário são algumas das tradições.

Fotografia: Pedro Ribeiro

Um concerto de Natal com os Figo Maduro e com o grupo da aldeia “Balancé da Cabeça” são alguns dos destaques da sexta edição, que inclui ainda um desfile de moda inspirado no tecido produzido de forma artesanal na serra da Estrela, o burel, acções de sensibilização para a preservação da floresta e a recuperação de animais selvagens ou passeios fotográficos para a descoberta da aldeia.

A organização vai promover o 2.º Trail da Aldeia Natal no dia 16 de Dezembro, um percurso de 14 km que dá a conhecer uma das paisagens culturais mais emblemáticas da serra da Estrela, os socalcos da Aldeia de Cabeça e Casal do Rei. O valor angariado resultante da participação dos atletas vai reverter na totalidade para acções de silvicultura e plantação de árvores autóctones.

A Cabeça, Aldeia Natal resulta de uma parceria entre o Conselho Directivo dos Baldios da Cabeça, a Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede das Aldeias de Montanha (ADIRAM) e o município de Seia, sendo uma das festas que integram o Plano de Animação da Rede.