Publicidade

Os ritmos cubanos, a magia de Havana e os cantos de amor e desamor sempre estiveram no imaginário dos músicos de jazz. André Sousa Machado, Nelson Cascais, Salvador Sobral e Victor Zamora não são excepção.

 Do imaginário surgiu a ideia e da ideia à concretização foi como um passo de salsa. Rodeados por uma orquestra que remete para os boleros cubanos dos anos 20, os três músicos apresentam um repertório de mel e sal capaz de se sentir daquele lado do Caribe.

 A banda Alma Nuestra, que se tem dedicado a explorar clássicos cubanos com arranjos de jazz, vai agora juntar-se à Orquestra La Remolacha para apresentação de dois concertos únicos no São Luiz Teatro Municipal em Lisboa.

Alma Nuestra é uma banda criada pelos dois amigos Salvador Sobral e Victor Zamora que partilham uma paixão pelos doces sons da América Latina e, em simultâneo, pelo Jazz. Posto isto, chamaram outros dois companheiros e deram uma volta às já bem conhecidas e intemporais canções de Cuba, Argentina e de outras terras sul americanas reinventando-as e tornando-as únicas e pessoais.

André Sousa Machado Bateria
Nelson Cascais Contrabaixo
Salvador Sobral Voz
Victor Zamora Piano
Co-Produção Fado in a Box e Força de Produção

8 e 9 de Fevereiro às 21h | Sala Luís Miguel Sintra, São LuizTeatro Nacional | Bilhetes 12 a 25 €
Bilhetes já à venda na Bol, bilheteira do teatro e locais habituais.