Publicidade

“APolítica das Imagens”, assim se intitula o ciclo expositivo curado por João Baeta que ocupará diariamente o Maus Hábitos ao longo do ano de 2019. A ser instalado na Mupi Gallery, a mostra apresentará um total de dez propostas de artistas encarregues de, ao longo de um mês, ocuparem os muppies que antecedem a sala de espectáculos. Ângelo Ferreirade Sousa, Virgílio Ferreira, Justine Emard, Rita Lino, Esgar Acelerado, Carla Castiajo, Joachim Luxo, Sara & André, Paulo Mendes e João Tabarra são os nomes convidados para o ciclo se inicia a 18 de Janeiro. 

Explorando o carácter transitório do espaço expositivo, “A Política das Imagens” pretende surpreender e interpelar os espectadores e visitantes regulares da casa através de imagens que se aproximam à da escala humana. Ao reunir trabalhos de um grupo diverso de artistas, colocar-se-á em evidência a existência de uma pluralidade de práticas artísticas e a diversidade de discursos poéticos ou políticos. De acordo com o curador, “A Política das Imagens” aponta também para a existência duma autonomia ontológica das imagens que, ao se apresentarem e afirmarem no espaço público, são reflexo de afirmações políticas. 

Também em Janeiro, a Mupi Gallery sai das portas do Maus Hábitos para levar até às ruas da cidade de Guimarães, as obras que, ao longo de 2018, estiveram expostas na sala portuense. Entre 1 e 31 de Janeiro, será possível ver obras de Diogo Tudela, João Baeta, João Fonte Santa, José Maçãs de Carvalho, Luísa Abreu, Miguel Palma, Pedro Huet e Rodrigo Amado. A exposição será desenvolvida em parceria com a Câmara Municipal de Guimarães.